> Notícias

Parque do Itacolomi será ponto de partida da Caminhada da Inconfidência em 2017


font_add font_delete printer
Represa do Custório no Parque Estadual do Itacolomi - Imagens: Evandro Rodney

Represa do Custório no Parque Estadual do Itacolomi - Imagens: Evandro Rodney

20/04/2017

O Parque Estadual do Itacolomi, em Ouro Preto, no dia 22 de abril, será o local de partida da 36ª Caminhada da Inconfidência, tradicional competição que marca o encerramento das comemorações oficiais da Semana da Inconfidência. O percurso é de 42 km e termina na cidade de Ouro Branco, percorrendo as mesmas trilhas dos inconfidentes mineiros, no século XVIII.

Tradicionalmente, a caminhada partia do centro de Ouro Preto, mas, em 2017, a convite do Instituto Estadual de Florestas (IEF), que administra o Parque, incluirá as trilhas no interior da unidade de conservação. “É também uma forma de marcar o aniversário de 70 anos do Parque, um dos primeiros a ser criado em Minas Gerais e também um dos mais importantes do Estado”, explica o gerente do Parque, Fellipe Pinheiro Chagas Mendonça.

A caminhada é realizada pela Associação Esportiva do Alto Paraopeba (AEA) e não é uma competição, cabendo ao participante definir o seu limite e quando deve parar. Há carros de apoio por todo o percurso, além de pontos de água, lanche, banheiros e acompanhamento de uma equipe de profissionais da saúde. A atividade tem apoio das Prefeituras de Ouro Preto e Ouro Branco, da Polícia Militar de Minas Gerais, do IEF, do Corpo de Bombeiros, do DEER, e da Hemominas.

Unindo prática esportiva à história, a caminhada permitirá aos participantes reviver os caminhos dos inconfidentes mineiros e vislumbrar as belezas naturais da região. É considerado o melhor e mais bem estruturado evento desta natureza realizado no Brasil. A largada acontecerá às 8h, no Parque Estadual do Itacolomi, em Ouro Preto e a chegada é no Clube Siderurgia da AEA, em Ouro Branco, com piscinas térmicas, alongamento, mesa de frutas, jantar, música e animação característica do público que, alheio ao cansaço, aproveita cada segundo da confraternização.

Mais informações sobre como participar da 36ª Caminhada da Inconfidência podem ser obtidas pelos telefones (31) 3742-1342 ou (31) 98619-8756 ou pelo email comunicacao@clubeaea.com

O Parque

Parque Estadual do Itacolomi - Ouro Preto

Imagem: Claudio Tebaldi/Flickr-CC

O Parque Estadual do Itacolomi está localizado nos municípios de Mariana e Ouro Preto a 100 quilômetros de Belo Horizonte e foi criado em 1967. A unidade de conservação abriga o Pico do Itacolomi que, com seus 1.772 metros de altitude, era ponto de referência para os antigos viajantes da Estrada Real que o chamava de “Farol dos Bandeirantes”.

A palavra Itacolomi vem da língua tupi e significa “pedra menina”. Os índios viam o pico como o “filhote” da montanha ou “pedra mãe”. O Parque possui uma área de 7.543 hectares de matas onde predominam as quaresmeiras e candeias ao longo dos rios e córregos. Nas partes mais elevadas, aparecem os campos de altitude com afloramentos rochosos, onde se destacam as gramíneas e canelas de emas. Abriga muitas nascentes, escondidas nas matas, que deságuam, em sua maioria, no rio Gualaxo do Sul, afluente do rio Doce.

No Parque, a Fazenda São José do Manso é um exemplar da arquitetura colonial deixada pelos bandeirantes em Minas, sendo tombada pelo Instituto Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas Gerais (IEPHA). A antiga sede da fazenda, Casa do Bandeirista, foi restaurada e, hoje, é o Centro de Visitantes do Parque. Foi construída entre 1706 e 1708 e é considerada por especialistas o primeiro prédio público do Estado, pois servia para cobrança de impostos e vigilância das minas. 


LEIA TAMBÉM: 

Cinco parques florestais de Minas que você precisa conhecer

 

Revista sobre meio ambiente e sustentabilidade


Compartilhe




Outras Notícias